Carregando...
Divisão de Acesso

Poderemos ter novidades no EC Rio Verde na próxima semana3 minutos de leitura

COMPARTILHE

As competições no Brasil seguem paralisadas devido a pandemia do coronavírus e ainda não tem nada para recomeçarem.

Em relação ao Esporte Clube Rio Verde, o time disputará mais uma vez o Campeonato Goiano da Divisão de Acesso, que inclusive, se não fosse a covid-19, já estaria em andamento.

Situação do clube

Pelo que foi nos informado, o mandato do presidente executivo, Wolney Marques Pereira vai até dezembro deste ano e com isso, as eleições deverão acontecer em janeiro de 2021.

O clube tinha tudo para conseguir se organizar, com a empresa Aliança Esportiva que inclusive levou o time sub-20 a primeira divisão e por pouco não subiu o time profissional. Os responsáveis da Aliança Esportiva decidiram em 2019, encerrar o contrato com o verdão.

Como todos sabem, o verdão do sudoeste tem várias dívidas trabalhistas e com alguns empresários. Não temos o valor exato, mais é de alguns milhares de reais.

Possível novidade na próxima semana

Não é de hoje que alguns programas esportivos no rádio rio-verdense, informam que tem um grupo de empresário da cidade querendo assumir o time, aliás, não temos autorização para revelar os nomes aqui.

O PE obteve a informação que já aconteceram algumas reuniões entre este grupo e o presidente Ney, mais não se chegou a um acordo. Tudo indica que na próxima semana, ambos deverão se reunir para definir a situação.

Ainda não temos detalhes sobre a proposta que foi feita nas reuniões passadas ou a que será feita para a diretoria do verdão do sudoeste caso aconteça esta reunião.

Se não fechar com empresários da cidade?

Se por acaso Ney, toda a diretoria e o grupo de empresários de Rio Verde não chegarem a um acordo, pode acontecer do presidente do verdão fazer parceria com empresa de outra cidade.

Se não tivesse a pandemia do coronavírus, o time estaria disputando a divisão de acesso, provavelmente com uma parceria feita por empresários de outro estado.

Aliás, esse tipo de parceria já foi feita no passado e o clube que saiu perdendo. Em 2018 por exemplo, se não fosse o empresário rio-verdense, Tiãozinho da Metacampo, o time corria riscos de dar W.O durante a primeira divisão. Não temos a informação se Tiãozinho recebeu o seu dinheiro investido.

Deputado Lissauer pode ajudar

Como já informamos aqui, o atual presidente do Esporte Clube Rio Verde, Wolney Marques Pereira, é assessor na Assembleia Legislativa de Goiás ( Alego) lotado no gabinete do deputado e presidente da casa Lissauer Vieira.

Veja o demonstrativo retirado no site da Alego no dia 22 de maio de 2020.

Foto: Assembleia Legislativa de Goiás

Com isso, o deputado poderá dar aquela força, conversando com o Ney e sugerindo que ele se afaste do cargo. Ainda não sabemos se Lissauer tem a intenção ou não de ajudar o time nesse quisito.

O Portal Esportivo está a disposição das pessoas mencionadas na matéria e caso queiram se manifestar, é só entrar em contato pelo WhatsApp do site (64) 99331 – 5056


COMPARTILHE
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *