Carregando...
+ EsportesFutebol Internacional

Porto vence a Roma e garante vaga nas quartas de finais4 minutos de leitura

COMPARTILHE

Jogando no estádio do Dragão, o clube do Porto venceu a Roma pelo placar de 3 a 1, no jogo de volta das oitavas de final da Champions League. Com esse resultado, o time português, avança para a fase de quartas de finais da competição. Durante os 90 minutos, o jogo terminou em 2 x 1, mesmo placar do primeiro confronto, e a partida só foi definida no fim na prorrogação, quando o lateral brasileiro, Alex Telles cobrou o pênalti e garantiu a vaga para os Dragões com placar final de 3 a 1.

Precisando da vitória, o time português iniciou a partida, indo para cima, e logo aos dois minutos, após escanteio da esquerda, a bola é cabeceada para a entrada da área, e Corona bate de primeira, por cima do gol italiano. Logo em seguida foi a vez do lateral esquerdo Alex Telles chutar á direita do gol de Olsen.

Mas não demorou muito para os portugueses abrirem o placar, Marega recuperou a bola no campo de ataque, tabelou na área e cruzou rasteiro para Tiquinho, que livre de marcação, apenas teve o trabalho de empurrar para o gol vazio.

Buscando levar mais perigo ao gol adversário, o time da Roma, subiu suas linhas de marcação, tentando pressionar a equipe do Porto no seu campo defensivo, tal postura logo deu resultado, já que Perotti entrou na área pela esquerda e foi derrubado por Éder Militão.

Na cobrança da penalidade, o meio campista De Rossi só deslocou o goleiro Casillas para deixar tudo igual, no estádio do Dragão.

Mesmo com empate, o time do Porto seguia pressionando os italianos, e aos 44 minutos, Tiquinho Soares dominou na área mas tem o chute travado pela zaga. A bola sobra para Hector Herrera, que chutou forte da entrada da área e o goleiro Olsen teve que espalmar a bola para escanteio.

Logo aos três minutos da segunda etapa, Tiquinho Soares quase marca o gol da virada. Na bola cruzada da direita, Marega só raspa de cabeça, e Tiquino Soares tenta de peixinho e cabeceia para o chão. A bola quica e sai rente ao travessão. Mas pouco tempo depois, o atacante Marega conseguiu marcar o gol da virada. Corona fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Marega, livre na pequena área, completar para o gol.

O time do Porto seguia melhor no jogo, e tentando fazer mais um gol, o que daria a classificação aos portugueses. Pois o resultado de 2 a 1 levaria o jogo para a prorrogação. E aos 31 minutos, Brahimi recebeu bom passe de Otávio na área e chutou de primeira, mas o goleiro Olsen conseguiu defender com as pernas. E a partida acabou indo para a prorrogação.

A Roma na prorrogação criou suas melhores chances para conseguir o gol, mas o atacante Dzeko, não aproveitou duas boas oportunidades. Dessa forma o jogo caminhava para a disputa nos pênaltis. Mas Maxi Pereira chuta cruzado, Fernando não conseguiu alcançar a bola, e reclamou ter sido puxado por Florenzi. O árbitro turco Cüneyt Çakιr decidiu consultar o VAR. E após rever a jogada, marcou a penalidade.

O lateral-esquerdo brasileiro foi para a cobrança, e não desperdiçou, batendo no direito do goleiro. que optou por pular no outro lado.

No fim da prorrogação, o juiz teve que consultar o VAR novamente, já que houve uma disputa na área do Porto entre Marega e Schick, mas dessa vez, o árbitro entendeu que a jogada foi normal.

Dessa forma, a partida terminou 3 a 1 para o Porto, que com a vitória, se classificou para a próxima fase da competição.

FICHA TÉCNICA
PORTO 3 X 1 ROMA

Local: Estádio do Dragão (POR)
Data-Hora: 06/03/2019 – 17h (de Brasília)
Árbitro: Cüneyt Çakir (TUR)
Cartões Amarelos: Pepe, Herrera, Danilo (Porto); Karsdorp, Pelegrini, Zaniolo, Dzeko (Roma)
Gols: Tiquinho Soares 26′, De Rossi 36′, Marega 7’2T, Alex Telles 15’2ºET

PORTO: Casillas; Militão, Felipe, Pepe, Alex Telles; Otávio (Hernâni), Herrera, Pereira, Corona (Brahimi); Marega e Tiquinho (Fernando). Técnico: Sérgio Conceição

ROMA: Olsen; Manolas, Juan, Marcano (Cristante); Karsdorp (Florenzi), De Rossi (Pellegrini), N’Zonzi, Kolarov; Zaniolo, Perroti e Dzeko. Técnico: Eusébio Di Francesco


COMPARTILHE
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *